NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Sindicato do Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (SINPMA) vem a público para esclarecer sobre as fake news que estão circulando em grupos de WhatsApp, oportunamente um dia anterior ao Ato de Protesto – Assembleia Geral – marcado há mais de um mês pela categoria.

Para que a comunidade escolar entenda nosso Ato de Protesto, nossa luta não é de hoje, estamos há dois anos em busca das reposições salariais, progressões verticais, segurança nas escolas, concurso público, novas unidades escolares, entre outros, tudo isso para termos uma educação de qualidade, inclusiva e formarmos cidadãos críticos e atentos aos seus direitos.

Primeiro ponto: o SINPMA ainda não declarou greve. Marcamos o ATO DE PROTESTO para 16 de abril, às 14 horas, no Hall do Centro Administrativo e NÃO PARALISAÇÃO. Este ato foi definido em Assembleia Geral, inclusive no mesmo dia em que haveria mais uma reunião para tratar da Reposição Salarial na expectativa que nesta teríamos resultados positivos. Lembramos ainda que as unidades escolares terão aulas normais, sem nenhum prejuízo para a comunidade escolar. Em todas as paralisações que realizamos, a comunidade escolar NÃO FICOU NO PREJUÍZO DOS DIAS LETIVOS,  fizemos a reposição de cada dia.

Segundo ponto: o professor da Rede Municipal de Ensino recebeu o restante do piso de 2018 agora em janeiro/2019, ou seja, com exatamente um ano de atraso, porém a data-base referente a este ano ainda não houve negociação, isso não por falta de iniciativa do SINPMA, mas sim por falta de comprometimento e seriedade da administração municipal com a Educação, pois tivemos reuniões para marcar outras reuniões e nenhuma proposta de fato foi colocada em discussão.

Terceiro ponto: pagamento de salário em dia não é favor do empregador é dever. Aproveitamos a oportunidade e repudiamos a atitude do governador, que não respeita o servidor, o desvaloriza e desqualifica a cada dia que passa.

Quarto ponto: o SINPMA não é ligado a partido político, não temos ações definidas com as perspectivas políticas partidárias, a nossa luta é classista.

Quinto ponto: quanto a prestação de contas anual/2018 apresentada, esclarecemos que fazemos a divulgação da mesma em Assembleia para todos os professores que se fazem presente. Esclarecemos ainda, que nenhum dirigente sindical está fora da sala de aula a não ser os aposentados e que a presidente recebe o correspondente a 30 horas/aulas mensais e as demais 20 horas/aulas mensais. Todas essas questões são discutidas e aprovadas primeiro pelo Conselho Fiscal, seguido da Diretoria e finalmente colocado em votação durante Assembleia Geral. Na oportunidade, informamos que a professora Veri citada na nota falsa, já não compõe a Diretoria do SINPMA, desde agosto/2018.

Anápolis, 15 de Abril de 2019

 

Márcia Abdala
Presidente do SINPMA

Sinpma – Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis

Nenhum de nós e tão forte como todos nós juntos!

Filiado a:

Links úteis:


Assine nossa newsletter