SINPMA quebra a obrigatoriedade dos cursos CEFOPE para os professores da Educação Infantil com carga horária de 60 horas

O Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino (SINPMA) tem recebido diversas reclamações por parte dos professores da Educação Infantil, pelo fato  de terem uma carga horária de 60 horas semanais e ainda terem que cumprir a hora atividade nos cursos do Centro de Formação dos Profissionais da Educação (CEFOPE). Lembrando que os professores estão com essa carga horária excessiva em função do déficit de professores na Rede Municipal de Ensino.

Em busca de uma solução, o SINPMA, após diversas reuniões com a Administração Municipal, conseguiu reverter a situação e quebrar essa obrigatoriedade nos cursos oferecidos pelo CEFOPE. De agora até a realização do concurso público, os professores não precisarão fazer os cursos do CEFOPE e continuarão com suas cargas horárias.

A presidente do SINPMA, profª Márcia Abdala, explica que a hora atividade deveria ser para todos os professores desde a Educação Infantil ao Ensino Fundamental, cumprindo o que diz a Lei do Piso quanto a jornada de trabalho e não de forma precária como vem acontecendo.

 “Nós do SINPMA somos contra essa carga horária excessiva: dobras e substituições, pois atendem apenas aos interesses imediatos. Os professores não recebem férias, 13º salário, licenças de qualquer natureza, tão pouco aposentam com esta sobrecarga de trabalho, sem contar que prejudica o profissional também no âmbito de saúde. Até a realização do concurso público, essa é uma das lutas que continuaremos pelos nossos professores”, afirmou a presidente.

Anápolis, 11 de setembro de 2018

SINPMA

Sinpma – Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis

Nenhum de nós e tão forte como todos nós juntos!

Filiado a:

Links úteis:


Assine nossa newsletter