Sinpma13/05/2022
DIRETORIA-DO-SINPMA-REFORCA-MEDIDAS-DE-SEGURANCA-PARA-OS-PROFESSORES-NO-RETORNO-AS-AULAS-PRESENCIAIS-1-1.png
1min110

Na tarde desta sexta-feira (13/05), a presidente do Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (SINPMA), prof.ª Márcia Abdala, acompanhada do vice-presidente, prof. Maxwell Moreira, e da diretora, prof.ª Fabiane Santos, se reuniu com o novo presidente do Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais de Anápolis (SindiAnápolis), Gratonny Batista Gratão.

A prof. ª Márcia Abdala parabenizou a nova diretoria democraticamente eleita e se colocou à disposição da nova diretoria para se discutir as pautas e as reivindicações comuns às categorias e manifestar apoio e solidariedade classista.

“Fizemos questão de vir pessoalmente conversar com a nova diretoria para reforçarmos a parceria existente entre os sindicatos, afinal somos representantes dos servidores públicos, somos todos trabalhadores”, afirmou Márcia Abdala.

#SINPMA

Sinpma13/05/2022
DIRETORIA-DO-SINPMA-REFORCA-MEDIDAS-DE-SEGURANCA-PARA-OS-PROFESSORES-NO-RETORNO-AS-AULAS-PRESENCIAIS-2.png
9min2210

Na tarde da última quinta-feira (12/05), a presidente do Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (SINPMA), prof. ª Márcia Abdala, foi convidada para participar de uma reunião com o prefeito Roberto Naves, acompanhado do vereador prof. Marcos Carvalho. A pauta central da reunião seria o motivo que potencializou a paralisação do Dia “D” de Educação, no último dia 09 de maio, o Piso Salarial/2022 de 33,24%.

Com a duração de três horas, a reunião foi iniciada pelo vereador prof. Marcos Carvalho, que propôs ao grupo pensar um formato de trabalho que harmonizasse a relação entre a Administração Municipal, o SINPMA e os professores. A proposta central do vereador foi a criação de uma Comissão de Educação, tendo representantes do Sindicato, do Poder Legislativo e demais entidades interessadas em discutir as questões da educação de Anápolis.

Em seguida, a presidente do SINPMA apresentou os problemas vividos na educação em Anápolis e que foi pauta da manifestação e do descontentamento da categoria.

“Passamos nossa pauta de reivindicação, fazendo a defesa ponto a ponto. Começamos cobrando o reajuste de 33,24% referente ao Piso Salarial Profissional Nacional/2022, explicamos que o déficit de professores, cuidadores e auxiliares na Rede Municipal é algo que precisa ser resolvido o quanto antes, a falta de limpeza e segurança nas unidades escolares também é um problema diário. Solicitamos o aumento do quantitativo de vagas para PIV e PV, reivindicado desde 2017; cobramos a transparência quanto às questões dos precatórios do FUNDEF e FUNDEB, além da solicitação do pagamento das aulas de reposição/2020, onde os novos concursados e licenciados repuseram as aulas que não eram de sua competência e até hoje, dois anos depois, ainda não receberam por essas aulas”, desabafou Márcia Abdala.

Ainda durante a reunião o vereador prof. Marcos Carvalho reafirmou concordar com a fala do sindicato quanto as perdas salariais que a categoria vem sofrendo nos últimos anos. “Precisamos construir um avanço monetário, pois não se tem educação de qualidade, sem professor valorizado”, destacou o vereador.

Após ouvir as explanações de cada um dos presentes na reunião, o prefeito Roberto Naves fez as suas conclusões.

PONTOS AVANÇADOS NAS NEGOCIAÇÕES:

PROGRESSÕES VERTICAIS PIV e PV
Quanto às progressões verticais o Prefeito se comprometeu em enviar um Projeto de Lei à Câmara Municipal para aumentar o quantitativo de vagas de PIV e PV, de forma contínua e escalonada, a fim de zerar as listas de espera, até o último dia de seu mandato, dos professores que deram entrada até a data de hoje.

COORDENADORES PEDAGÓGICOS E TÉCNICOS
Quanto a gratificação dos coordenadores, que se encontra defasada, o prefeito se comprometeu em encaminhar um Projeto de Lei para a Câmara Municipal, a fim de corrigir e atualizar seus valores.

PAGAMENTO / AULAS 2020
Quanto ao pagamento das aulas de 2020 dos professores novos concursados e licenciados, o prefeito fez o compromisso de agilizar o pagamento dessas aulas.

DÉFICIT DE PROFESSORES / CUIDADORES / AUXILIARES
Quanto ao déficit de professores, cuidadores e auxiliares de educação, o prefeito disse que os professores do cadastro de reserva serão convocados. Em reunião, pediu que fosse viabilizado a implementação do Projeto Jovem Aprendiz para as unidades de ensino e/ou recrutar estagiários também para suprir a questão de auxiliares nas unidades.

SEGURANÇA NAS ESCOLAS
Sobre segurança nas escolas, o prefeito afirmou que um Projeto de Lei será encaminhado para a Câmara Municipal, onde uma empresa terceirizada fará a segurança nas unidades de ensino no período diurno. Sobre a segurança do patrimônio, a empresa responsável fará o controle via videomonitoramento e de acordo com o Prefeito, o que for roubado será reposto pela empresa contratada.

PONTOS DE PAUTA QUE TIVEMOS ENTRAVES:

CORTE DE PONTO
Quanto a solicitação para o não corte de ponto no dia da paralisação, o prefeito afirmou que a decisão será jurídica e que aguardará o parecer da Procuradoria e a decisão quanto ao Mandado de Segurança impetrado pelo SINPMA.

PISO SALARIAL/2022
Quanto ao Piso Salarial/2022, argumentou outra vez, entre outros, a Lei de Responsabilidade fiscal, índice do limite prudencial e que com o reajuste dado a todos os servidores de 18%,  o referido índice beira os 51,3%, sem margem para conceder os 33,24%.

No entanto, acatou a proposta do vereador prof. Marcos Carvalho de estabelecer a formação de uma Comissão com representantes SINPMA, Câmara Municipal, secretarias de Educação, Recursos Humanos e Economia, para que todos os envolvidos nesse processo avaliem as condições financeiras da Prefeitura e estudem a melhor forma de viabilidade de concessão ou não do Piso Salarial/2022.

EM TEMPO
Participaram da reunião também os secretários de Educação (Eerizânia Freitas), Economia (Valdivino de Oliveira), o Procurador do Município (Carlos Alberto Fonseca), além de professores e gestores de unidades de ensino da Rede Municipal.

Essas são as breves considerações dos fatos acontecidos na reunião, continuamos com nossa agenda de luta e reiteramos a convocação aos professores e professoras para a Assembleia Geral.

AGENDA DE LUTA
Pauta:
Piso Salarial/2022
Data: 17/05 (terça-feira)
Horário: 17h30 (segunda chamada)
Local: Praça Abílio Wolney (Antiga Praça do Ancião / Praça da Prefeitura)

Nenhum de nós é tão forte, como todos nós juntos!

#SINPMA

Sinpma11/05/2022
DIRETORIA-DO-SINPMA-REFORCA-MEDIDAS-DE-SEGURANCA-PARA-OS-PROFESSORES-NO-RETORNO-AS-AULAS-PRESENCIAIS-1.png
3min1590

O Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (SINPMA) informa aos professores e professoras que um Mandado de Segurança preventivo já foi impetrado, com o objetivo de resguardar a categoria, para que não seja cortado o ponto de nenhum professor (a) presente no movimento do último dia 09 de maio.

O professor e a professora que esteve presente na paralisação do Dia “D” da Educação cumpriu seu horário de trabalho e exerceu seu direito de manifestação, afinal todo cidadão tem o livre arbítrio de se manifestar pela melhoria nas suas condições de trabalho. Foi um dia de luta, luta por dignidade.

Relembre
Como forma de resguardar mais uma vez a integridade de nossos professores e professoras, na última sexta-feira (06/05), a diretoria do SINPMA esteve pessoalmente na sede da Secretaria Municipal de Educação protocolando uma RECLAMAÇÃO ADMINISTRATIVA repudiando e pedindo que cessasse as ameaças e o assédio aos professores nas Unidades Ensino, por parte da Administração Municipal.

No mesmo dia, a diretoria do SINPMA também esteve presente no 1º Distrito Policial, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência contra a Administração Municipal, em função das ameaças e o assédio sofrido pelos professores e professoras da Rede Municipal de Ensino.

Vivemos em um Estado Democrático de Direito que tem como um dos princípios fundamentais a garantia da Cidadania, Dignidade da Pessoa Humana, Valorização do Trabalho e Pluralismo Político.

Agenda de luta
O SINPMA convoca todos os professores e professoras para a Assembleia Geral.
Pauta: Piso Salarial/2022
Data: 17/05 (terça-feira)
Horário: 17h30 (segunda chamada)
Local: Praça Abílio Wolney (Antiga Praça do Ancião / Praça da Prefeitura)

Nenhum de nós é tão forte, como todos nós juntos!

#SINPMA

Sinpma09/05/2022
DIRETORIA-DO-SINPMA-REFORCA-MEDIDAS-DE-SEGURANCA-PARA-OS-PROFESSORES-NO-RETORNO-AS-AULAS-PRESENCIAIS.png
4min2040

O Dia “D” de Paralisação realizado pelos professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis contou com a presença de cerca de mil profissionais da educação. O ato foi marcado para essa segunda-feira (09/05), durante a Assembleia Geral realizada no último dia 27 de abril, na sede do Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (SINPMA). A escolha deste dia, foi justamente por não ser um dia letivo, ou seja, não tem aula em nenhuma unidade de ensino nesta segunda.

A presidente do SINPMA, profª Márcia Abdala, disse que o movimento foi muito bom, apesar do assédio e da intimidação sofrida pelos professores, cerca de mil professores se fizeram presentes e contribuíram para um ato muito bonito.

“Passamos nossa pauta de reivindicação neste ato e a principal é a retomada do diálogo, pois sem ele não avançamos nos demais tópicos de luta. Estamos cobrando o reajuste de 33,24% referente ao Piso Salarial Profissional Nacional/2022, pois o percentual dos 18%, que foram parcelados em três vezes, são referentes aos anos de 2018, 2019 e 2020”, destacou Márcia Abdala.

Ainda de acordo com a presidente do SINPMA, na sexta-feira o Sindicato protocolou na Secretaria Municipal de Educação uma Declaração Administrativa para cessar o assédio aos professores e registrou um Boletim de Ocorrência contra as ameaças e os assédios sofridos pelos professores na última semana. “Estamos trabalhando num Mandado de Segurança Preventivo, para que o ponto do professor não seja cortado. Hoje não é um dia letivo. O professor cumpriu seu horário no Ato do Dia “D” da Educação, dia de luta, por dignidade, por condições de trabalho, pelo Piso Salarial”, afirmou a presidente do SINPMA.

 Dentre as demais reivindicações estão:

– Reestabelecimento do diálogo, entre a Prefeitura e a categoria;

– Limpeza das unidades de ensino, terceirizada sem pagamento;

– Segurança nas Unidades de Ensino;

– Aumento do atendimento especializado aos estudantes com necessidades especiais sem vagas;

– Resolver o problema de déficit de professores, cuidadores e auxiliares de educação;

– Construção de CMEI’s e escolas;

– Progressões Verticais – Aumentar o quantitativo de vagas de P4 e P5;

– Pagamento das Aulas de reposição/2020, aos novos concursados e licenciados.

 

REUNIÃO
Durante o movimento, a Administração Municipal convidou a presidente do SINPMA, profª Márcia Abdala, para participar de uma reunião nas dependências da Prefeitura. A reunião foi realizada pelo Assessor Parlamentar, Nelson Gomes, acompanhado pelo vereador Profº Marcos Carvalho e mais dois diretores do SINPMA.

“O assessor se comprometeu a ser o interlocutor de uma agenda com o prefeito, para que a gente possa estar discorrendo sobre essa pauta e ficou de nos dar uma resposta hoje ou mais tardar amanhã, sobre uma agenda com o prefeito”, explicou a profª Márcia Abdala.

 ASSEMBLEIA
O SINPMA agendou uma Assembleia na próxima terça-feira (17/05), às 17 horas, na Praça Abílio Wolney (Antiga Praça do Ancião / em frente à Prefeitura), para a categoria avaliar essas primeiras conversas com a Administração Municipal e quais serão os próximos rumos que serão traçados para a Agenda de Luta.

Anápolis, 09 de maio de 2022.

#SINPMA

Sinpma04/05/2022
NOTA-SINPMA.png
1min520

O Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (SINPMA) vem a público manifestar o seu apoio ao movimento dos professores da Escola Municipal Profª Maronita Dias Dourado, localizada no Setor Sul, realizado no último dia 03 de maio, contra a falta de segurança na unidade escolar e contra a violência sofrida por uma professora da própria unidade.

Repudiamos qualquer tipo de violência e exigimos que os órgãos competentes tomem a atitude correta para que episódios como esse não mais se repita e não contribua para que a insegurança se instale nas demais unidades de ensino.

A falta dos vigias e seguranças nas unidades de ensino são questões inaceitáveis e demonstra a fragilidade e a precariedade das nossas unidades, o que contribuiu para esse lamentável episódio de violência dentro da unidade escolar essa semana.

Nos solidarizamos com a professora, vítima da violência, bem como aos demais profissionais da unidade escolar, os estudantes, comunidade escolar e quem mais se sentir desrespeitado com essa insegurança.

Anápolis, 04 de maio de 2022.

#SINPMA

 

Sinpma27/04/2022
DIRETORIA-DO-SINPMA-REFORCA-MEDIDAS-DE-SEGURANCA-PARA-OS-PROFESSORES-NO-RETORNO-AS-AULAS-PRESENCIAIS-5.png
3min2290

No fim da tarde da última quarta-feira (27/04), o Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (SINPMA) organizou uma Assembleia Geral com a categoria na sede do Sindicato. Na oportunidade, a categoria deliberou por um Dia “D” de Paralisação da Educação, no dia 09 de maio (segunda-feira), às 8 horas, no Centro Administrativo.

Ainda em Assembleia, a categoria também deliberou para que o Sindicato entre na Justiça, para que o retroativo referente as da data-base dos anos de 2018, 2019 e 2020, ainda devidos aos professores, sejam concedidos.

Na abertura dos trabalhos da Assembleia, a presidente do SINPMA,
profª Márcia Abdala, reforçou que a reposição concedida a todos os servidores públicos de 18% e dividida em três parcelas, sendo 10% em janeiro, 4% em abril e 4% em junho, é referente aos anos de 2018, 2019 e 2020.

“A municipalidade gosta de dizer que ‘fez o dever de casa’, mas nós sabemos que não é verdade, pois o reajuste salarial deste ano é de 33,24% e não foi concedido aos professores e professoras da Rede Municipal de Ensino. O percentual devido é equivalente a um terço do nosso salário e já estamos quase em maio e até o momento não tivemos a oportunidade de negociar o que é nosso por direito”, destacou profª Márcia.

Difícil Acesso
Durante a Assembleia, o SINPMA informou a categoria quanto a questão do pagamento da gratificação de difícil acesso, sendo que os processos avaliados foram inseridos para o pagamento deste mês, porém os processos que ainda não foram avaliados e que tenham direito, serão pagos no próximo mês.

Caso os professores e professoras não tenham recebido em abril e nem nos meses anteriores, terão que entrar com processo para requerer o retroativo. Da mesma forma, quem teve o processo negado, deve requerer a revisão do processo.

Nenhum de nós é tão forte como todos nós juntos.

Anápolis, 27 de abril de 2022.

#SINPMA

Sinpma06/04/2022
DIRETORIA-DO-SINPMA-REFORCA-MEDIDAS-DE-SEGURANCA-PARA-OS-PROFESSORES-NO-RETORNO-AS-AULAS-PRESENCIAIS-4.png
3min1620

Na manhã desta quarta-feira (06/04), a presidente do Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino (SINPMA), profª Márcia Abdala, esteve na sede da Secretaria Municipal de Governo e Recursos Humanos para saber de fato a questão da concessão da gratificação do difícil acesso aos professores e professoras da Rede Municipal.

Ontem (05/04), foi publicado um Ofício Circular n. 334/2022, a qual informava às secretarias da Prefeitura que não seria mantido o pagamento da gratificação de difícil acesso, mesmo que já fosse concedida anteriormente. Essa notícia causou um certo alvoroço na Rede Municipal de Ensino e por isso a necessidade de trazer os devidos esclarecimentos aos professores e professoras.

Segundo a presidente do SINPMA, o assessor técnico da Secretaria Municipal de Governo e Recursos Humanos, Thiago Caroca, informou que alguns processos de concessão da referida gratificação estão faltando documentos e que a Secretaria entrará em contato com estes servidores para que enviem os documentos que faltam, via ZAP do Servidor.

“O pagamento da gratificação de difícil está mantido para os professores e professoras que estiverem com os processos em situação regular. Só será suspenso para os professores e professoras que não entrarem com o processo, ou se o mesmo tiver faltando documento. A data limite para regularização será até dia 15 de abril. Não há necessidade de entrar com novo processo, basta enviar os documentos pedidos, caso estejam incompletos. A gratificação de difícil acesso é um direito do professor e da professora, por isso SINPMA busca sempre trabalhar para que os interesses dos professores sejam cumpridos. Continuaremos acompanhando a situação e atualizando sobre novas informações”, explicou Márcia Abdala.

O SINPMA está sempre à disposição para orientar e tirar qualquer dúvida ou mal entendimento que esteja ocorrendo. Afinal, nenhum de nós é tão forte como todos nós juntos!

Anápolis, 06 de abril de 2022.

#SINPMA

Sinpma05/04/2022
WhatsApp-Image-2022-04-04-at-14.38.21.jpeg
1min1440

O Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (SINPMA) realizará no dia 27 de abril (quarta-feira) às 17h30 (primeira chamada), uma Assembleia Geral na sede do SINPMA, localizado na Rua 7 de Setembro, nº817 – Centro. A pauta será sobre o Piso Salarial de 33,24% e os informes gerais.

Nas últimas semanas, a diretoria do SINPMA tem visitado às unidades escolares pessoalmente, a fim de conversar com a categoria e mostrar a importância da presença de todos os professores e professoras na Assembleia Geral que irá deliberar pelo futuro salarial dos professores, para este ano de 2022.

“A força do SINPMA está na disposição de luta de cada professor e professora. A entidade se fortalece com o seu grito, luta, presença nas tomadas de decisões e ações em prol da categoria”, afirmou a presidente do SINPMA, profª Márcia Abdala.

Serviço:
ASSEMBLEIA GERAL
Data: 27/04/2022 (quarta-feira)
Horário: 17h30
Local: Sede do SINPMA – Rua 7 de Setembro, nº817 – Centro.

Anápolis, 05 de abril de 2021.

#SINPMA

 

 

Sinpma – Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis

Nenhum de nós e tão forte como todos nós juntos!

Filiado a:

Links úteis:


Assine nossa newsletter